O NASPEC recebe diariamente pacientes oncológicos e carentes (com acompanhantes) do interior da Bahia, com o objetivo de disponibilizar suporte para as necessidades que advenham do diagnóstico ao tratamento, mantendo o propósito de qualidade de vida a todos, e oferecendo medicina paliativa aos pacientes aos que chegam à instituição necessitando de específicos cuidados.  O contato é feito através dos municípios de origem dos pacientes por meio da secretária de saúde, que solicitam a vaga junto à instituição para que o paciente junto a seu “cuidador” possa permanecer por tempo indeterminado até durar o tratamento. A relação entre o NASPEC e os municípios é chamada de Responsabilidade Compartilhada, onde o município fica responsável a fazer a doação mensal de no mínimo um salário mínimo que pode ser realizado via depósito bancário ou envio de alimentos, medicamentos e material médico hospitalar.